Você está aqui  >  Albifor  >  Testemunhos  >  Curso Técnico de Contabilidade

Testemunhos Formandos | Contabilidade

 

Cátia Marques

Nome:  Cátia Marques

Curso: Técnico de Contabilidade - Ação 2 (2013/2015) 

Profissão: À procura de emprego (agora que terminei o curso)

Porquê a escolha do curso? Escolhi o curso de Contabilidade, pois gosto do tema e tenho melhores perspectivas de emprego.

Como conheceu a escola? Conheci a Albifor através da minha mãe.

Porque quis vir estudar para a Albifor? A minha mãe deu-me boas referências sobre a escola, e na minha primeira visita consegui perceber que o ambiente era bom e diferente.

Quais eram as expectativas? Encontrar um melhor ambiente entre alunos e professores, e um melhor apoio da parte deles, por ser uma escola mais pequena.

Quais foram os resultados? Superei as minhas expectativas. 

Qual a relação com os professores e colaboradores? As relações foram excelentes. Nunca me senti tão acolhida numa escola como na Albifor..

Relate um episódio engraçado que tenha ficado na memória. Um episódio que me ficou na memória, foi quando me infiltrei numa nova turma de contabilidade e como praxe, fiz de aluna rebelde e, em revolta contra as minhas colegas ”professoras”, rasguei um teste diagnóstico na cara delas. 

Rute Deus

Entrevistas Antigos AlunosNome: Rute Deus

Curso: Curso Técnico de Contabilidade e Gestão

Profissão: Contabilista

Porquê a escolha do curso? Na altura estava a fazer 3 disciplinas do 10º ano, e andava um pouco desmotivada, falaram me dos cursos técnicos profissionais então decidi inscrever-me para ver como era.

Como conheceu a escola? Foi me imposta pelo centro de emprego :)

Porque quis vir estudar para a Albifor? Não tive escolha.

Quais eram as expectativas? Na realidade muito poucas.

Quais foram os resultados? Óptimos! Nunca pensei adquirir tantos conhecimentos

Qual a relação com os professores e colaboradores? Óptima! Todos muito prestáveis e empenhados, foram 3 anos muito importantes, passamos lá 8 horas por dia, 5 dias por semana, 11 meses por ano. Foi incrível a relação que criamos, grandes amizades que daí vieram ;)

Relate um episódio engraçado que tenha ficado na memória. O que me lembro com frequência, foi a empatia criada entre todos. Tudo era pretexto para nos reunirmos, fosse um aniversario ou os nossos objectivos atingidos, nada passava em branco.

Silvia Viana
Nome: Silvia Viana

Curso: Técnico de Contabilidade - Ação 1 (2012/2015) 

Profissão: Coordenadora/ Apoio Administrativo

Porquê a escolha do curso? Sempre gostei de contas e matemática.

Como conheceu a escola? Quando fui contactada para a entrevista.

Porque quis vir estudar para a Albifor? O ambiente e a família que são, motivam qualquer pessoa.

Quais eram as expectativas? Conseguir emprego na área .

Quais foram os resultados? Consegui alcançar as minhas expectativas.

Qual a relação com os professores e colaboradores? Sempre foi uma relação de família, em todas as escolas que frequentei, não senti tanta dedicação e afeto por todos os professores e colaboradores.

Relate um episódio engraçado que tenha ficado na memória.

Após algum tempo de ter terminado o curso, ir fazer uma visita à Albifor, e ao chegar ser tratada com todo o carinho por todos os professore e colaboradores como se ainda pertencesse à família Albifor. É muito gratificante saber que ainda sou respeitada e acarinhada por todos, o que me faz sentir mais saudades dos tempos em que estive a estudar na Albifor.

Roque Santos
Nome: Roque Santos

Curso: Curso Técnico de Contabilidade - Ação 1 (2012/2015)

Profissão: Estudante

Porquê a escolha do curso? Escolhi este curso a pensar no que queria fazer no futuro, ou seja, não escolhi por ser fácil, até porque não é, a meu ver talvez seja dos cursos mais completos da Abifor e também por ser das únicas áreas que ainda não se encontra afectada pela falta de emprego.

Como conheceu a escola? Conheci a escola numa feira de emprego que estava a ser realizada no Centro Comercial Alegro soube dessa mesma feira através dos jornais.

Porque quis vir estudar para a Albifor? Na Altura quando fui para a Albifor tinha transitado para o 12º ano do Curso Profissional de Turismo, ou seja, faltava apenas um ano para concluir, felizmente percebi que se calhar não era bem aquilo que eu queria fazer durante a minha vida profissional, apesar de ser uma área com alguma saída profissional.

Quais eram as expectativas? Ao início não tinha muitas expectativas porque vinha de uma escola “normal” (Escola Secundária da Moita), mas ao longo do curso as expectativas foram sendo cada vez maiores.

Quais foram os resultados? Em termos gerais os resultados foram bom, não só por sairmos com o 12º ano concluído mas também por tudo aquilo que levamos na nossa bagagem, saímos muito mais preparados para o mundo do trabalho e temos uma maior percepção do mesmo.

Qual a relação com os professores e colaboradores? A relação com os formadores e bastante positiva é um bocado como se fosse em contexto de trabalho só que muito mais soft.

Hélder Sadio

Entrevistas Antigos AlunosNome: Hélder Sadio

Curso: Curso Técnico de Contabilidade e Gestão 

Profissão: Técnico Oficial de Contas

Porquê a escolha do curso? A insatisfação da escola e da área escolhida fez com que mudasse completamente de área escolhendo a contabilidade sem propriamente ter conhecimento real do que era. Foi mais por experimentar algo novo relacionado com as empresas. Acabei por me dar bem por descobrir que tinha alguma vocação para esta nova maneira de "fazer contas".

Como conheceu a escola? Tive conhecimento através de uma amiga, do sistema de ensino da Aprendizagem pelo IEFP com equivalência ao 12º ano e que na consequência do meu processo de candidatura e da escolha do curso acabei por ir parar à Albifor embora na realidade não conhecesse a escola.

Porque quis vir estudar para a Albifor? Consequência do meu processo de candidatura e da escolha do curso. Não conhecia a escola.

Quais eram as expectativas? As expectativas à partida não eram muitas pois como já referi não tinha conhecimento real do que era a contabilidade e só comecei a criar algumas expectativas no inicio do curso quando tive conhecimento das disciplinas e do que se iria abordar nas mesmas e das situações de estágio que ocorreram durante o curso de 3 anos.

Quais foram os resultados? Os resultados foram superiores aos esperados. Terminei com uma das melhores médias do curso e uma força motivacional como nunca tinha tido. A "cereja no topo do bolo" foi ainda antes de terminar o curso já tinha à minha espera um contrato de trabalho na empresa onde estagiei. Praticamente terminei o curso numa 6ª feira e apresentei-me na empresa para trabalhar na 2ª feira.

Qual a relação com os professores e colaboradores? A relação com os professores e colaboradores foram excelentes. Os funcionários da escola com que lidávamos eram duas senhoras impecáveis (infelizmente não me recordo dos nomes). Com os professores a relação foi excelente não tendo tido nenhum professor que não cativasse a nossa simpatia apesar de, como é normal, uns cativassem mais do que os outros. A prova disso é que quando combinávamos jantares de turma (ex.:Natal ou fim-de-ano) convidávamos sempre os professores e eles aderiam em força poucos eram aqueles que não iam. O professor Alexandre Pereira, é a melhor testemunha desta relação que tínhamos com os professores e muito lhe devemos, não só pela dedicação e apoio a nós e ao curso como director de curso na altura.

Relate um episódio engraçado que tenha ficado na memória. Episódios engraçados tivemos muitos no entanto vou fugir um bocado ao objetivo da questão e relatar uma pequena história que a meu ver é um exemplo de até onde pode ir a relação professor/aluno. No curso durante os três anos tivemos uma cadeira chamada Mundo Atual que era leccionada por um professor chamado Moisés (não me recordo do apelido). A determinada altura, ainda no primeiro ano, tivemos a ideia de comemorar os anos de cada um em que o trato era: o aniversariante trazia um bolo e os colegas compravam uma prenda e pedíamos autorização ao professor para fazer isto na aula. A determinada altura decidimos pedir à escola as datas de nascimento dos nossos professores e decidimos oferecer-lhes o bolo de anos. Eles achavam engraçado, pois fazíamos surpresa e não dizíamos nada. Eles nem desconfiavam. Até que chegou a altura do aniversário do professor Moisés. Ele era uma pessoa um bocado "diferente" no sentido de algum problema do foro motor/mental ou nervoso (que desconhecemos) tinha uma presença que hoje em dia os miúdos chamam de "aquele é um bocado mongo". No entanto apesar do "problema" dele, e para resumir, foi o ÚNICO durante os três anos que compareceu A TODOS os jantares de turma, inclusive um deles que não pode ir, compareceu mais tarde de propósito para beber café connosco. Voltando ao bolo, quando aparecemos com o bolo na sala a meio da aula e cantar os parabéns ele literalmente desatou a chorar deixando-nos sem reação nenhuma ao que estava a acontecer. Perguntámos o que se passava e a resposta foi: "nunca ninguém me tinha feito isto". Em resumo parece que até àquela data nós tínhamos sido os únicos que não o tinham "classificado" apenas pela sua aparência. Penso que este episódio resume bem o que aconteceu nesses três anos.

Andreia Elias
Entrevistas Alunos AtuaisNome: Andreia Elias

Curso: Técnico de Contabilidade - Ação 1 (2012/2015) 

Profissão: Estudante /Administrativa de Contabilidade (fiquei a trabalhar em part-time na empresa de estágio)

Porquê a escolha do curso? De todas as opções era o que mais gostava.

Como conheceu a escola? Amostra de empregos Alegro.

Porque quis vir estudar para a Albifor? Inicialmente a ideia era procurar trabalho, não andava à procura de escola para estudar. Como a Albifor estava lá e me apresentaram a opção de fazer um curso técnico profissional, que me daria uma saída profissional, resolvi inscrever-me.

Quais as expectativas futuras?Terminar o 12º ano, continuar a trabalhar e ir para a faculdade

Qual a relação com os professores e colaboradores? Muito boa. São todos muito acessíveis, posso falar de todos os assuntos, até às vezes pessoais.

Relate um episódio engraçado que tenha ficado na memória. Um episódio que me lembro e que gostei muito, foi numa aula de português sobre países, onde se abordaram as danças tradicionais de cada país e todos dançámos.
Ana Alves
Nome: Ana Alves

Curso: Técnico de Contabilidade - Ação 2 (2013/2015) 

Profissão: Gestão de Condomínios

Porquê a escolha do curso? Porque tem mais possibilidades na minha vida profissional.

Como conheceu a escola? Conheci a Albifor através da internet.

Porque quis vir estudar para a Albifor? Quis vir para a Albifor, porque ficava perto da minha casa e tinha um horário que conseguia conciliar com o trabalho.

Quais as expectativas futuras?Quero trabalhar na área do curso e mais tarde ir para a universidade

Qual a relação com os professores e colaboradores?A nossa turma dá-se bem com os professores, que nos ensinam ao longo do nosso percurso escolar. São bastante compreensivos, têm calma e paciência para nos ajudarem.

Relate um episódio engraçado que tenha ficado na memória. Gostei bastante do nosso primeiro dia de aulas. Fomos recebidos pela turma de Contabilidade – Ação 1 e fomos praxados. Passados alguns meses entrou uma nova turma de contabilidade e nessa altura fomos nós que os acolhemos e praxamos.
Helder Moura
Nome: Helder Moura

Curso: Técnico de Contabilidade - Ação 3 (2014/2016) 

Profissão: Estudante

Porquê a escolha do curso? Inicialmente queria T.Comercial, mas como já não havia vaga e queria mesmo estudar, optei por T.Contabildade

Como conheceu a escola? Através de amigos que já estudavam na Albifor.

Porque quis vir estudar para a Albifor? Porque queria um curso profissional, pois estes cursos além da teoria têm a vertente prática. Também ajudou na escolha pela Albifor, o fato de ser uma escola pequena e com bom ambiente.

Quais as expectativas futuras? Em primeiro lugar terminar o 12º ano e quem sabe ir para a faculdade. Também gostava de continuar as atividades que já tenho, que é o futebol e as artes marciais.

Qual a relação com os professores e colaboradores? boa. Dou-me bem como todos.

Relate um episódio engraçado que tenha ficado na memória. O 1º dia de aulas foi muito engraçado. A receção foi muito boa por parte de formandos e formadores.  
Ana Peliano
Nome: Ana Peliano

Curso: Técnico de Contabilidade - Ação 2 (2013/2015) 

Profissão: Técnica de Contabilidade

Porquê a escolha do curso? Porque é um curso com muitas saídas profissionais, e tendo já alguma experiência profissional na área administrativa/financeira queria profissionalizar-me mais nesta área.

Como conheceu a escola? Conheci a Albifor através de um amigo e outras pessoas que já tinham, em tempos, frequentado a escola nos cursos de adultos.

Porque quis vir estudar para a Albifor? Vim para a Albifor por ter o curso que queria, bem como o horário mais conveniente para mim, ser perto de casa e pelo método de ensino.

Quais as expectativas futuras?Pretendo ingressar na faculdade, aprender cada vez mais e ser uma boa profissional. O sucesso é o limite!

Qual a relação com os professores e colaboradores? Considero a minha relação ótima e por vezes os próprios professores me ajudam a ultrapassar algumas dificuldades e sempre me apoiaram a não desistir e a persistir.

Relate um episódio engraçado que tenha ficado na memória. Durante as boas vindas de uma nova turma de contabilidade eu e uma amiga fomos selecionadas para ajudar na tarefa, fingirmos ser as professoras das UFCD’S tecnológicas. Tivemos de ter uma postura mais séria e rígida. Foi engraçado tentar enganar, de uma forma brincalhona, os novos formandos, uma vez que eles se assustaram um pouco com a nossa postura, mas logo ficaram aliviados quando lhes dissemos que éramos formandos como eles.
Sílvia Vinagre
Nome:  Sílvia Vinagre

Curso: Técnico de Contabilidade - Ação 2 (2013/2015) 

Profissão: Consultora

Porquê a escolha do curso? A minha mãe é TOC e desde sempre tive contacto com esta área, daí ter resolvido arriscar.

Como conheceu a escola? Conheci a Albifor através da internet. Andava a pesquisar cursos pós-laboral e encontrei esta escola.

Porque quis vir estudar para a Albifor? Porque me pareceu ser uma boa aposta e sendo relativamente perto de casa e o facto de ter “meio horário” facilita imenso, conseguindo conciliar os estudos com o trabalho.

Quais as expectativas futuras?Pretendo ingressar na faculdade, no curso de Gestão e Contabilidade e chegar a TOC.

Qual a relação com os professores e colaboradores? Tenho uma boa relação com os professores, estes conseguem ser compreensivos em relação a muitas questões da vida pessoal. Incentivam-nos e ajudam-nos a superar-mo-nos a nós mesmos.

Relate um episódio engraçado que tenha ficado na memória. Durante as boas vindas de uma nova turma de contabilidade eu e uma colega tivemos de fingir ser professoras dos módulos práticos, neste caso contabilidade e fiscalidade. Foi engraçado ter uma postura mais séria, tendo em conta que a maioria dos formandos tinham idades idênticas à nossa.
Gilberta Patrocínio
Nome: Gilberta Patrocínio

Curso: Técnico de Contabilidade - Ação 3 (2014/2016) 

Profissão: Estudante 

Porquê a escolha do curso? Escolhi este curso porque é a área que gosto e quero seguir na faculdade.

Como conheceu a escola? Conheci a Albifor através da internet.

Porque quis vir estudar para a Albifor? Por ter o curso profissional de contabilidade com duração de dois anos e meio.

Quais as expectativas futuras?Terminar o 12º ano,  ir para a faculdade e voltar para o meu país, Angola, para Luanda.

Qual a relação com os professores e colaboradores? Boa, dou-me bem com todos.

Relate um episódio engraçado que tenha ficado na memória. De momento não me ocorre nada, mas apesar de não se tratar de nenhum episódio engraçado, gostei muito do estágio porque me permitiu ter uma ideia real do mundo do trabalho e da área da contabilidade.


Marco Magusteiro
Nome: Marco Magusteiro

Curso: Técnico de Contabilidade - Ação 3 (2014/2016) 

Profissão: Estudante 

Porquê a escolha do curso? Deixei de estudar aos 19 anos, porque estava desmotivado e não sabia ao certo o que queria fazer. Agora aos 21 anos percebi que o 12º é fundamental para o mercado de trabalho e por isso decidir voltar a estudar. A escolha do curso, foi por ser a área que mais me interessava.

Como conheceu a escola? Através da minha madrinha.

Porque quis vir estudar para a Albifor? Devido à idade, tinha de optar pela vertente profissional. Escolhi a Albifor porque tinha este tipo de cursos e ainda com direito a subsídios/bolsa, que permitiam gerir os meus gastos de forma independente.

Quais as expectativas futuras?Terminar o 12º ano, arranjar emprego na área da contabilidade e seguir a faculdade em Gestão de Empresas.

Qual a relação com os professores e colaboradores? Dou-me bem com todos.

Relate um episódio engraçado que tenha ficado na memória. Não me lembro de nada em concreto, pois todos os momentos têm sido bons..
   

Formação de Professores/Formadores e Ciências da Educação

  • Formação de professores e formadores de áreas tecnológicas

Artes

  • Audiovisuais e produção dos media

Humanidades

  • Línguas e literaturas estrangeiras

Ciências Empresariais

  • Comércio
  • Contabilidade e fiscalidade
  • Gestão e administração
  • Secretariado e trabalho administrativo

Informática

  • Ciências informáticas

Serviços Pessoais

  • Hotelaria e restauração